terça-feira, 22 de julho de 2008

Caminhada

Fui ao Pilates, e me fez tão bem. Saí de lá relaxada e mais tranqüila, não sei porque não consigo fazer disso uma rotina.
Resolvi voltar pra casa andando, porque assim posso ficar sossegada com meus pensamentos, os ônibus viraram um lugar barulhento... celular tocando, gente escutando música alta, falando, barulho do ar condicionado... tanta coisa que não consigo me concentrar ou, simplesmente, me libertar.
Adoro caminhar! É o meu momento de ser livre e de deixar minha cabeça ir para outros lugares, mundos, sonhos. Sinto-me solta e fico pensando, é minha passagem das horas para admirar. De cada pensamento, às vezes, aparece uma idéia, uma vontade, uma história ...

O menino olhou para o outro lado da rua, foi e voltou, estava perdido.
De repente, chamou a menina que passava, também perdida. Ela fez que não viu, ou não viu, e continuou seu caminho.
Ele sentou-se no banco e ficou ali, sozinho, vendo a menina ir embora, triste... Acabava de perder a oportunidade de ser feliz ao lado dela.
Não teve coragem de correr atrás da bela moça de olhos tristes e perdidos.

Um comentário:

  1. Tb adoro caminhar. Acalma a minha mente... É um alívio! (rs,rs)
    Beijo!

    ResponderExcluir