sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Espera

Então ficamos esperando
Uma eterna espera


Soltamos palavras achando que todos em nossa volta
estão preparados para recebê-las.
Não estão.
E o único que nos resta é esperar.

Na verdade, nos resta seguir sem olhar para trás.

O que foi dito, foi dito.
Não tem mais volta
E assim, uma vez mais, vamos seguindo o caminho.

É uma pena, nem todos sabem o que fazer diante de tanta verdade.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Eis

Eis que esperamos palavras

elas chegam

há um sabor doce

nos perdemos em seus significados

criamos novos significados

sonhamos

Eis que nos confundimos

no fundo, lá no fundo do pote doce das palavras

há um não

há o sabor amargo

Eis que choramos

Eis que respondemos

Eis que matamos nossos sonhos

Eis que encontramos a realidade.


sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Sem título


Viu um ponto brilhando no céu
Sentou. Olhou.
Ficou pensando.

Queria a estrelinha para ela.

Chamou, chamou.
Silêncio.

A nuvem passou, apagou.

Pobre menina, de olhos tristes.

A estrela pensou.

Jamais se encontrariam

CONTINUA, UM DIA.

Alimento da alma

Amor respira
Amor alimenta
Amor encanta
Amor mima
Amor aquieta
Amor adormece
Amor ama

Amor, aqui!


terça-feira, 7 de agosto de 2012

Começar


Tenho que sentar e começar
Há tanto que escrever
dizer
para ninguém, para o nada, para o sonho
para mim.

Sim, seria dito


Bastaria uma palavra

Seria dito sim
Seria dito vou
Seria dito adeus
Seria dito fico
Seria dito espere
Seria dito para ser feliz

Mas a palavra não veio
E o dito ficou preso
na alma
no coração